O Colégio

"A diferença está na Educação, pois nos comprometemos com a aprendizagem significativa."
Projeto: "Educar com valores - a Educação, o Trabalho e a Saúde ao longo do tempo."

Senhores pais,


O Colégio Santa Isabel nasceu em 1985 acreditando em uma educação transformadora e significativa, que propiciasse ao educando a possibilidade de desenvolver-se plenamente e inserir-se socialmente como ser, cidadão, religioso e profissional.

Diante desse ideal, tem-se disseminado diuturnamente o conceito que se possui sobre o processo educativo, que visa um equilíbrio entre a formação acadêmica e a humanística contemplado pelo diálogo entre mente, corpo e coração.

Desde então, destaca-se como referência em educação, uma vez que a filosofia e os princípios fundamentam-se nas perspectivas atuais da educação, visando a formação integral do educando, num panorama em que o conhecimento prévio de cada um é privilegiado.

Constata-se nessa trajetória que o Colégio Santa Isabel atende às necessidades da educação moderna, pois oportuniza a construção do conhecimento por meio da reflexão e de vivências interativas.

Qualquer ser, cuja formação tenha como eixo norteador esses princípios será aprovado nos melhores vestibulares, bem sucedido profissionalmente e, o mais importante, agirá de maneira cidadã diante das necessidades do planeta e do próximo, pois acredita-se também que a escola deve assumir o papel de protagonista, envolvendo crianças, jovens, educadores, pais e comunidade em projetos de transformação social.

Esta visão de futuro possibilita à instituição inúmeras e diferentes antecipações no que se refere à adoção de novas teorias e metodologias operacionalizadas por meio de processos inovadores de gestão educacional.

A equipe docente a partir de um intenso trabalho de investigação e atualização, mantém-se pioneira na introdução de inovações metodológicas, cujo foco principal da Proposta Pedagógica é a abordagem indutiva por meio de recursos selecionados pelos educadores que são desafiadores, pois problematizam e sistematizam todos os conteúdos dos componentes curriculares, articulando-os, possibilitando ao educando uma aprendizagem significativa, pautada no desenvolvimento do pensamento reflexivo, criativo e crítico.

Sem mais, agradecemos a confiança a nós assegurada e convidamos a família a atuar conosco na busca de um propósito comum e de sentido compartilhado.

Nossa parceria é um sinal de solidez e confiança nas gerações futuras.

Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos.



A Direção



O que essa escola ensina?

Livro: Marinheiros e Professores II - Diálogos Surrealistas
Autor: Celso Antunes
Editora: Vozes

- Ensinamos a criança a pensar, mostramos a todas, passo a passo, os tipos de pensamentos, a magia das palavras doces e amargas, os segredos infinitos da linguagem corporal. Ensinamos a criança a ouvir e buscamos diferenciar a imensidão do ver da singeleza do olhar.

- Ensinamos a criança a gostar de si e ver nesse afeto a descoberta e paixão pelo outro, mostramos em cada gesto como planejar metas, desenvolver planos e a envolver-se em projetos. Discutimos regras, normas, procedimentos e aceitamos suas crenças e junto a elas estabelecemos os caminhos do convívio.

- Buscamos mostrar à criança, a toda criança, os mistérios dos símbolos, a magia fascinante e travessa dos sinais e os desafios possíveis com a fala dos números. Mostramos a Matemática da rua, as equações em cada passo no supermercado e nos próprios passos que pelos caminhos se dá.

- Ensinamos os alunos a saborearem as palavras e na descoberta de seu gosto, cheiro e jeito, construir sintaxes, inventar metáforas, desvendar textos, redigir trovas, construir devaneios e fabricar poemas.

- Procuramos em todos os instantes, em qualquer aula de qualquer dia, desvendar a Geografia das notícias, as múltiplas relações da feira livre, e todas inter-relações que constroem o ambiente e integram a natureza. Desvendamos a História de ontem que nas notícias de hoje se percebe, nas palavras que se diz, nas roupas que se usa, e nos desafios que se tem. Mostramos a presença do ontem no agora.

- Não ensinamos, buscamos aprender. Com os alunos, aqui e acolá, procuramos a verdade nas coisas e nas ciências, a beleza no olhar educado, no gesto decidido e em tudo que na arte se deixou. Aprendemos em cada dia e em cada instante reaprendemos a verdade nos diálogos e na filosofia. Procuramos juntos construir o afeto que em toda religião se revela.